quinta-feira

Da Saudade...


Imagem: Alan Kirk
Da afligente saudade que vergasta
De um tempo ido que te amou
Evocas sem manto que te afaga
Um amado tempo que passou.

Vês a branda luz que já te aclara
Essa suave senhora do tempo
Reluzente, esparge em tua alma
Sementes de paz ao teu momento.

Busca em teu íntimo um relicário
Em que guardes os instantes de doçura
E da afligente saudade que fustiga
Brotará doces lembranças de ternura.
(Carlos Barros)

60 comentários:

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
utopia das palavras disse...

Olá

Lendo poesia por aí, aqui vim parar e de encanto fiquei assim...parada, saboreando o momento desta saudade que leio!

Gostei imenso deste espaço e da sua poesia... obrigada!

Vou ficando!!

Um abraço

Angel of Light disse...

Doce amigo!

Obrigada pela visita e obrigada pelas lindas poesias com que nos presenteias aqui neste teu lindo espaço.

Cubro-te de luzinhas douradas...

Beijinhos de Amor e Luz!

Serena Flor disse...

Estou simplesmente encantada com teu poema! Parabéns.
Um grande beijo e ótimo dia pra você!

A Flor do Sul disse...

A luz que veio da janela
Estava lá também,
Mas não estava só nela
Pois que veio de muito além...

" Minha Vida" disse...

" Saudade , saudades , traz-nos sempre lembranças de bons tempos...Obrigado por passares no meu cantinho volta sempre "

nanda disse...

Obrigado pela visita.É sempre encontrar quem gosta e entende poesia. Li coisas muitas boas aqui.

Liliana G. disse...

Carlos, tu poema alumbra con la luz de los sentimientos más puros. Felicitaciones.

Celamar Maione disse...

Um poema com ritmo.
Acredito na doçura da saudade...
Muito bom !
Obrigada pela visita.

Cris disse...

Você é um poeta! E fala exatamente sobre o que eu acredito, ou seja: a saudade ocupa no peito da gente exatamente o lugar que tem que ocupar pra inclusive, valorizar o que foi vivido e o que ainda está por vir. Parabéns pelo prêmio. É erecidíssimo...

Cris disse...

É merecidissimo..(perdão!)

Branca disse...

Lindo seu espaço...

Seus poemas, as imagens...gostei de tudo...voltarei mais vezes.

bjos.

Luciana Horta disse...

Olá Carlos! Encontrei seu blog hoje e estou encantada com as fotos e com seus escritos! Pode estar certo que voltarei mais vezes, afinal não vou deixar a saudade ficar apenas na memória!
Bjos da LUz

Izinha disse...

Sem palavras diante de tão bela poesia, parabéns.

bjos!

Maripa disse...

É bom sentir a ternura das saudades...

Foi uma surpresa agradável ter-me distinguido com o selo "Sobrevivente do Romantismo".

Parabéns ,Carlos, pelo prémio.

Agradeço com carinho e vou levá-lo comigo.

Passeei-me pelo seu blogue e senti-me bem por aqui.Certamente que voltarei.

Abraço amigo.

Anjo De Cor disse...

Olá!
Antes demais obrigada pelo teu comentário no meu blog ;)
E obrigada por me trazeres até aqui, belo espaço enriquecido de palavras e imagens, gostei muito ;)
Bjs**

Elcio Tuiribepi disse...

OLá amigo, sua métrica é perfeita, dá sonoridade as palavras e também ao seu significado, obrigado pelas palavras lá no Verseiro...
Parabéns pleo blog, as imagens também dão um ar inusitado ao seu pretendido...um grande abraço na alma...volte sempre

Tatiana disse...

Carlos... faltam-me palavras para expressar a beleza contida nessa postagem.
A imagem e a poesia são de uma beleza rara!

Obrigada de coração por sua visita e palavras!

Um abraço carinhoso

neide disse...

Carlos, lindo poema.
A saudade é a prova de que o que foi vivido valeu a pena.

Que bom saber que gostas da Florbela, suas poesias são realmente incríveis.

Ótimo final de semana.

Bjss amigo

manzas disse...

Estar aqui presente
Com palavras
Luzentes brilhantes…
É como flutuar
Em águas calmas
E no fundo ver diamantes

Um bom fim-de-semana
Inundado de paz…

O eterno abraço…

Iana disse...

Oiê... Então moço, vim correndo retribuir o carinho, as palavras lindas e sua terna visita em meu jardim...

Obrigada meu caro!
Fiquei imensamente feliz...
Agora vou cuidar de outras flores do meu jardim...

Prometo que volto
beijos perfumados
um bom fim de semana
Uma rosa amiga passou por aqui
Iana!!!

Isabel Branco disse...

Andam as lembranças à solta
numa dança, num frenesim...
Falando dum tempo que não volta,
gemendo saudades sem fim!

Bom fim de semana e um beijinho,

Isabel Branco

Claudia Perotti disse...

Saudades que acompanha-nos arraigada no sentir...

Bom final de semana!
Beijinhossssssss

tossan disse...

Procurei poesia e música, então naveguei... Encontrei aqui. Abraço

Carla disse...

saudades do amor...ou saudades de amar?
gostei deste espaço

Hercília Fernandes disse...

Olá Carlos Barros,

estou apreciando tudo o que leio, vejo e sinto em seu blog: belíssimo trabalho, parabéns!

"Uma saudade" é um poema muito bem escrito, onde se podem tocar os sentimentos nas estrofes bem cadenciadas e polidas. Muito belo!

Obrigada por sua visita, acompanharei com muito prazer as suas produções.

Abraços,

H.F.

Mirse disse...

Carlos, és um grande poeta. estes versos me remeteram ao que li de Neruda, quanto ao estilo romãntico e triste.
Num piscar de olhos, sou agora sua fã.

Parabéns pelo poema e pelo Blog

Um forte abraço

Mirse

frAgMenTUS disse...

adoro o entrelace da luz, paz e doçura na vida e q aqui descreveu, c suavidade e arte! :)

obrgd pela sua presença e pelo mimo blogueiro

um sorriso

fragmentus

Adriana disse...

um relicário de doçuras, que linda imagem.

Sonia Schmorantz disse...

Da triste saudade que nos castiga também brotam ternas lembranças, aliás, não fossem estas, não haveria saudade...se a temos é porque vivemos coisas boas, que estarao sempre ali para nos consolar também...Ainda bem! Sendo assim, prefiro a saudade.
Um abraço e bom domingo

Bill Stein Husenbar disse...

A saudade é capaz de nos sugar até às últimas forças.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

paula barros disse...

Obrigada pela visita e pelas palavras suaves. O seu blog combina em tudo, cor, imagem, melodia, escrita.

As imagens me chamaram muito a atenção.


Doce a forma que falou sobre saudade.

abraços

traços de um homem disse...

Obrigado pela sua visita,e os elogios.
Seu blog é td de bom.Excelente.
otimo final de domingo
abraços

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho da amizade la para vc.

Bom dia.

beijooo.

Poeta Mauro Rocha disse...

Obrigado pela visita e é um belo poema sobre a saudade,Tenha uma ótima semana.

LUA disse...

LINDOOOOOO

tenha uma otima semana

Izinha disse...

Vim agradecer as palavras carinhosas e deixar minha admiração diante te tão belos poemas q são como ondas a tocar a areia suavemente.

vou te seguir...rsrsrs

grande beijo!

neide disse...

Passando para desejar uma semana de paz.

Bjss amigo

neide disse...

Tem selinho no meu cantinho para você.

Bjss

Marta Vasil disse...

Carlos

Agradeço com muito carinho sua visita e suas palavras. Ainda bem que entrou no meu cantinho, pois assim aqui vim parar para me deliciar.
Uma saudade... um novelo a que desenrolamos fios de ternura ou fios de amargura.
Lindíssimo este seu poema!

beijinhos

MV

Gleidston dias disse...

verosímil,e um poeta que na sua inspiração encontra o lírismo da poesia pura, de alma flutuante sigo, e volto por que ha muito para ler e aprender por aqui, parabens.

Um dia de paz poeta.

abraço!

mundo azul disse...

__________________________________

Um belo poema!

Inspirado, bem escrito e com conteúdo...

Gostei demais, assim como gostei de alguns outros que li aqui... É muito bom encontrar versos assim!

Beijos de luz e o meu agradecimento pela gentil visita...

________________________________

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Olá, Carlos!
Agradeço a visita e adorei o teu espaço também. Estarei te visitando sempre.
Belo poema.
Grande abraço

Anderson Meireles disse...

Seu blog é belíssimo! Obrigado pela visita, volte sempre que quiser,
abraço!

Serena Flor disse...

Passando pra te desejar uma linda tarde e te deixar o meu abraço também! Bjs.

Avassaladora disse...

Tão belo, que não tem muito o que falar!
Quando a emoção transborda por todos os lados!
Parabéns por escrever tão bem!


Beijos avassaladores!

neide disse...

Boa noite meu amigo.
Bjss

manzas disse...

Que belo poema!

Descobri…
Um banco do jardim
Que me segredou
Em poesia…
Aromas que aqui
Encontrou
De paz
E de harmonia...

Sempre grato pelo comentário…

O eterno abraço…

-Manzas-

joyce domingos disse...

carlos...que lindo poema....

lindas rimas...lindo ritmo^^

obrigada por sua visita...

teu blog tem um visual lindo...me encantei devera^^e vou voltar para acabar de ler...para descobrir mais de tuas lindas palavras^^

bjbj da preta^^

Vivian disse...

...como sempre, aqui se respira
poesia e encantamento.

bjusss, lindo!

Cleo disse...

Obrigada por acompanhar meu blog, uma honra para mim. aqui a voz do artista, escritor, soa como um hino ao espírito elevado. senti muita emoção nas palavras aqui. no espaço, também.
Lindo o layout do teu blog, tudo.
Beijos carinhosos.
Cleo

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo poema!

Obrigado pela sua visita.

O selo da "Proximidade" esta esperando vc la.

beijooo

Templo do Giraldo disse...

Ora viva amigo boa tarde. Depois de algum tempo de ausência da minha parte passei por aqui a deixar um abraço fraterno, e dizer que que ando "por ai" mas sempre atento as novidades aqui do teu espaço.

SAUDAÇÕES.

Sonia Schmorantz disse...

A palavra mágica
dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra.

Carlos Drummond

Lindo domingo!
abraços

Avassaladora disse...

Carlos, gracinha voce...
Estava agora a fazer um tour por seu blog.
Tem coisas maravilhos pora qui...
Obrigada pelo seu carinho!
A gente sempre abusa da "licença pioética", para dar vazão ao turbilhão de sentimentos que nos açoita!....rs
Obrigada pelo selo.
Amei!
Só não entendi qual...

Um beijo avassalador!

Avassaladora disse...

rsrrs
Já achei!
Vou pegar o que me destes, e fico agradecida...

Um beijo carinhoso

Carla disse...

reli estas doridas palavras em tons de saudade escritas
beijos e boa semana

Carlos Barros disse...

Agradeço a todos pelos ternos comentários.

Abraços!

ellen disse...

Palavra SAUDADE... muito e só portuguesa! O seu significado não alcançe outros povos.

Também tenho um poema sobre a saudade! vá ver se lhe apetecer :)

Beijinho

Angelina Sá disse...

a saudade por vezes dói...mas sabe bem ler..beijinhos de luz..